Como fazer a declaração de imposto de renda 2019? Dicas de como não cair na malha fina

Pessoas físicas e jurídicas têm um compromisso anual com a Receita Federal: a declaração do imposto de renda. Ela se baseia nos ganhos e gastos que essas pessoas tiveram no ano anterior e é obrigatória, havendo punições severas para quem a atrasa ou não a faz.

Primeiramente, cabe dizer que não são todos os cidadãos que têm de declarar o imposto de renda em 2019: existem alguns perfis de contribuintes que são liberados, como os que são dependentes financeiramente de alguém ou aquelas que recebem menos de R$ 1.999,18 como salário.

Outras pessoas liberadas da declaração de imposto de renda são as aposentadas que não tenham nenhuma renda adicional.

Documentos necessários para a declaração de IR 2019

Para o contribuinte não ser pego pela malha fina, é necessário que ele tenha os valores exatos de todos os seus gastos e ganhos e, para essa exatidão, é preciso manter documentos comprobatórios. Os declarantes do imposto de renda devem providenciar:

 

  • CNPJ e CPF de fontes pagadoras;
  • Comprovante de rendimento referente a essas fontes;
  • Gastos com tratamentos de saúde, educação e previdência social;
  • CPF dos dependentes legais;
  • Notas fiscais;
  • Comprovante de gastos que possam ser deduzidos.

 

Como fazer a declaração de imposto de renda em 2019

A primeira forma de fazer a declaração é baixar o app Meu Imposto de Renda somente nas lojas do IOS e do Android. Para quem prefere a declaração de imposto tradicional, é só fazer o download do programa especial da Receita Federal em http://receita.economia.gov.br/interface/cidadao/irpf/2018/download.

O link acima tem a opção “Certificado Digital” e quem o solicita tem uma terceira forma de declarar o imposto de renda em 2019: é utilizando o Centro Virtual de Atendimento (e-CAC).

As declarações de IR de 2019 serão recebidas pelo sistema até 30 de abril. Para os contribuintes que se atrasarem na entrega, a multa máxima é de 20% sobre o que ele deve pagar à Receita Federal, enquanto a menor multa é de R$ 165,74.



Deixe um Comentário: