Como Funciona o Minha Casa Minha Vida

PUBLICIDADE

Criado há 11 anos, em abril de 2019, a partir de uma iniciativa do Governo Federal em parceria com estados, municípios, empresas e outras entidades sem fins lucrativos, o programa Minha Casa Minha Vida oferece condições melhoradas a fim de viabilizar o sonho da casa própria para pessoas que possuem baixa renda.

Para participar no Minha Casa Minha Vida, é necessário que a família atenda a alguns requisitos, como, a renda bruta familiar não ultrapassar R$ 7.000,00 por mês e também que o imóvel adquirido seja usado apenas para moradia. Em relação às prestações do financiamento, as mesmas não podem ultrapassar 30% do valor da renda mensal. O programa Minha Casa Minha Vida se torna ainda mais atrativo já que as taxas de juros do financiamento são ainda mais baixas que as de outros bancos, sendo a taxa mais baixa 5% e a mais alta, 9,16%.

PUBLICIDADE

Como funciona o programa minha casa minha vida?

O programa Minha Casa Minha Vida funciona em duas modalidades, a modalidade Urbana e a modalidade Rural.

Como Funciona o Minha Casa Minha Vida

Como Funciona o Minha Casa Minha Vida

Habitação Urbana

Na modalidade Habitação Urbana, o programa Minha Casa Minha Vida oferece linha de crédito para o interessado adquirir apartamentos ou residências dentro de um município. Nesta, o programa atende à quatro grupos, separados conforme a renda mensal bruta, sendo:

PUBLICIDADE

  1. Faixa 1: Famílias com renda mensal bruta de até R$ 1.800,00 – O financiamento poderá ser pago em até 120 meses, com prestações que variam de R$ 80 à R$ 270,00.
  2. Faixa 1,5: Famílias com renda mensal bruta de até R$ 2.600,00 – O financiamento poderá ser pago em até trinta anos e os subsídios podem chegar a até R$ 47.500,00, com a taxa de juros de apenas 5% ao ano.
  3. Faixa 2: Famílias com renda mensal bruta de até R$ 4.000,00 – Neste grupo, os subsídios podem chegar a até R$ 29.000,00.
  4. Faixa 3: Famílias com renda mensal bruta de até R$ 7.000,00 – Neste grupo, o programa oferece taxas de juros diferenciadas e mais atrativas para o financiamento do imóvel.

Habitação Rural

Existe também a modalidade Habitação Rural, destinada para agricultores e também para comunidades tradicionais (indígenas e quilombolas). Nesta modalidade, é possível ampliar, construir, reformar ou concluir uma residência. O Minha Casa Minha Vida – Habitação Rural é dividido em três grupos, de acordo com a renda anual bruta familiar:

  1. Grupo I: famílias com renda bruta anual de até R$ 17.000,00.
  2. Grupo II: famílias com renda bruta anual de até R$ 33.000,00.
  3. Grupo III: Famílias com renda bruta anual de até R$ 78.000,00.

Como Realizar a Inscrição no Minha Casa Minha Vida

O cadastro Minha Casa Minha Vida é feito por categorias. As famílias que possuem renda mensal bruta de até 3 salários mínimos devem realizar à sua inscrição no programa nas prefeituras de suas cidades, já que estas concorrem aos sorteios de casas populares promovidos pelo MCMV.

Como Realizar a Inscrição no Minha Casa Minha Vida

Como Realizar a Inscrição no Minha Casa Minha Vida

Se a renda mensal bruta familiar ultrapassar 3 salários mínimos, a família interessada deverá se dirigir a uma agência da Caixa Econômica Federal para fazer o seu cadastro, podendo decidir se deseja comprar ou construir um imóvel.

Para realizar o cadastro tanto nas prefeituras, como nas agências da Caixa, é necessário portar documentos como:

  • Carteira de identidade
  • CPF
    Carteira de trabalho
  • Certidão de casamento ou nascimento
  • Comprovante de água, aluguel ou luz
  • Declaração de imposto de renda
  • Extrato atualizado do FGTS
  • Seis últimos holerites

É necessário também que o interessado porte documentos do imóvel também, como a sua matrícula, o contrato de compra e venda e a certidão da prefeitura.

PUBLICIDADE

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *