Maiores golpes na hora de procurar emprego

Um número alto de brasileiros está em busca de um trabalho com carteira assinada e muitos têm pressa de consegui-lo porque têm família para sustentar, dívidas, etc. Conforme o emprego demora para chegar, surge o desespero e é nesse contexto que pessoas mal intencionadas aplicam golpes.

Quais são os maiores golpes

O golpe mais recorrente é aquele no qual o suposto empregador solicita que o candidato deposite uma quantia em dinheiro. A justificativa é que essa pessoa já está aprovada no processo seletivo e que o dinheiro servirá para pagar documentos, primeiros uniformes e coisas semelhantes. Depois que o trabalhador deposita o dinheiro, é claro que esse “empregador” some.

Outro golpe comum acaba não em estelionato, como o citado acima, mas em abuso sexual. Muitas vezes, as vítimas são as mulheres, mas também pode haver assédio contra os profissionais masculinos. O abuso ocorre durante a suposta entrevista e pode acontecer com trabalhadores de quaisquer idades e em qualquer lugar.

Quais são as indicações de que a vaga de emprego é um golpe?

Os candidatos podem identificar quando a oferta de emprego é suspeita por meio de algumas dicas:

 

  • Quando a vaga publicada não tem tantas informações. Isso se vê quando o recrutador responde que todas as explicações serão dadas na entrevista: o ideal é que ao menos o salário e o horário sejam especificados previamente para que o trabalhador escolha se quer ir à entrevista ou não;
  • Para empregos em outro país, um dos indicativos é a promessa de visto fácil. Em todas as embaixadas existe um processo mais ou menos extenso para se retirar o visto de trabalho e facilidades demais devem ser motivo para desconfiar;
  • Quando o contato com o convite para a entrevista não começa com o nome do trabalhador. Os recrutadores reais costumam escrever “Prezada, Andreia”, “Andreia”, etc.;
  • Muitos benefícios: é claro que os trabalhadores têm direito a alguns benefícios, mas quando eles são muito numerosos e não se trata de uma empresa de grande porte, é bom fugir.


Deixe um Comentário: