fbpx

Vagas de emprego em Passo Fundo – RS

Conhecida como “Capital Nacional do Bandoneon”, Passo Fundoé uma cidade que fica no Rio Grande do Sul, com mais de 250 moradores por quilômetros quadrados e alta remuneração média para os trabalhadores. Perto de Carazinho e de Alto Castelhano, ela foi fundada no ano de 1857 e tem ótimo Índice de Desenvolvimento Humano.

Tipos de trabalho em Passo Fundo RS

Dois setores são os de maior responsabilidade para a estabilidade econômica de Passo Fundo: o de serviços e o de estabelecimentos do varejo. Durante muitos anos, a receita passa-fundense também se baseou na construção civil e ela segue como uma grande empregadora no município gaúcho.

Trabalhadores da área educacional são bastante procurados por causa do alto número de faculdades e o mesmo acontece com o setor da saúde. Além disso, há shoppings muito frequentados, como o Passo Fundo Shopping e o Bella Città Shopping.

Oportunidades

Agências de emprego podem ser localizadas na cidade de Passo Fundo e até os trabalhadores mais habituados aos processos digitais devem utilizá-las, deixando um currículo impresso em seus escritórios. Aliás, deixar currículos na própria empresa de interesse é outra tática importante, bem como se cadastrar no Sistema Nacional de Empregos (SINE).

Esse serviço atende todos os dias e faz o cadastro de vários profissionais: com isso, eles podem se candidatar quando aparecer alguma oportunidade que os interesse. O cadastro no SINE Passo Fundo é de graça e o cidadão fica atualizado com relação às vagas novas visualizando os avisos nos painéis.

O Portal Emprega Brasil, por sua vez, ajuda o trabalhador que quer saber de vagas não somente no seu município, mas nas regiões próximas. Também de graça, ele está no site https://empregabrasil.mte.gov.br/.

Onde fica o SINE de Passo Fundo RS

É necessário ir à Fundação Gaúcha do Trabalho e Ação Social, chamada de FGTAS, que está na Avenida Brasil Leste, número 631. Seu e-mail é [email protected] ela está aberta até as 17h. Há serviços adicionais, como o Programa Gaúcho de Artesanato e as solicitações de seguro desemprego.

 



Deixe um Comentário: